Processo n.º 3/2019 (Instância iniciada a 17 de janeiro de 2019) - Sendo demandantes o Casa Pia Atlético Clube (Ateneu Casapiano), Rúben Filipe Marques Amorim, José Paz Pereira Batista Reis e demandada a Federação Portuguesa de Futebol.

Nos termos da alínea f) do artigo 34.º da Lei do Tribunal Arbitral do Desporto, aprovada em anexo à Lei n.º 74/2013, de 6 de setembro, na redação que lhe foi dada pela Lei n.º 33/2014, de 16 de junho, é publicitado que foi proferida a 10 de maio de 2019 a decisão arbitral no Processo n.º 3/2019.

Processo n.º 92/2018 (Instância iniciada a 18 de dezembro de 2018) - Sendo demandantes o Futebol Clube de Alverca, António Pedro de Carvalho Trindade, Pedro Jorge Antunes Capucha Figueiredo Pereira e demandada a Federação Portuguesa de Futebol.

Nos termos da alínea f) do artigo 34.º da Lei do Tribunal Arbitral do Desporto, aprovada em anexo à Lei n.º 74/2013, de 6 de setembro, na redação que lhe foi dada pela Lei n.º 33/2014, de 16 de junho, é publicitado que foi proferida a 10 de maio de 2019 a decisão arbitral no Processo n.º 92/2018.

Processo n.º 76/2018 (Instância iniciada a 15 de outubro de 2018) - Sendo demandante Olga Suné Recio e demandada a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting.

Nos termos da alínea f) do artigo 34.º da Lei do Tribunal Arbitral do Desporto, aprovada em anexo à Lei n.º 74/2013, de 6 de setembro, na redação que lhe foi dada pela Lei n.º 33/2014, de 16 de junho, é publicitado que foi proferida a 10 de maio de 2019 a decisão arbitral no Processo n.º 76/2018.

Processo n.º 24A/2019 (Instância iniciada a 2 de maio de 2019) - Sendo requerente o Sporting Clube de Portugal e requerida a Federação Portuguesa de Futebol.

Nos termos da alínea f) do artigo 34.º da Lei do Tribunal Arbitral do Desporto, aprovada em anexo à Lei n.º 74/2013, de 6 de setembro, na redação que lhe foi dada pela Lei n.º 33/2014, de 16 de junho, é publicitado que foi proferida a 7 de maio de 2019 a decisão arbitral no Processo n.º 24A/2019.

Processo n.º 21A/2019 (Instância iniciada a 24 de abril de 2019) - Sendo requerente Ricardo Miguel Moreira Costa e requerida a Federação Portuguesa de Futebol.

Nos termos da alínea f) do artigo 34.º da Lei do Tribunal Arbitral do Desporto, aprovada em anexo à Lei n.º 74/2013, de 6 de setembro, na redação que lhe foi dada pela Lei n.º 33/2014, de 16 de junho, é publicitado que foi proferida a 26 de abril de 2019 a decisão arbitral no Processo n.º 21A/2019.

Processo n.º 6/2019 (Instância iniciada a 8 de fevereiro de 2019) - Sendo demandante o Futebol Clube Tirsense e demandada a Associação de Futebol do Porto.

Nos termos da alínea f) do artigo 34.º da Lei do Tribunal Arbitral do Desporto, aprovada em anexo à Lei n.º 74/2013, de 6 de setembro, na redação que lhe foi dada pela Lei n.º 33/2014, de 16 de junho, é publicitado que foi proferida a 22 de abril de 2019 a decisão arbitral no Processo n.º 6/2019.